Hotel e creche: benefícios e malefícios

Creches e hotéis para pets ainda são novidades em várias cidades do país. Mas uma realidade bastante útil na maioria das capitais. Estes serviços ainda despertam muitas dúvidas. Então, alguns pontos são cruciais para que você possa ficar sossegado e aproveitar suas férias ou o dia de trabalho sabendo que o melhor amigo está se divertindo com conforto e segurança.

Hotel

Na hora de escolher o local ideal para deixar o peludo é preciso muita pesquisa e, sempre que possível, a indicação de algum amigo ou conhecido que já usou os serviços do local. Cuidados como higiene e segurança são primordiais!

O hotel deve ter espaço separado para cães pequenos e grandes, controle de parasitas internos e externos de cada hóspede, locais separados para alimentação dos cães, pois eles podem brigar, e pessoas responsáveis pelos animais 24 horas por dia.

O ideal é que você leve o cão para passar uma noite no local uma semana antes de deixa-lo lá oficialmente, para que ele comece a se ambientar ao local novo e para que você analise como ele reage.

Alguns cães podem ficar muito assustados longe de casa (e até parar de comer), por isso, mande junto com ele alguma roupa sua já usada, bem como uma caminha, brinquedos e vasilhas de ração e água. Evite objetos novos e que não tenham cheiros conhecidos por ele.

Se mesmo com todo o preparo o cão não se sentir confortável, pode ser melhor que alguém cuide dele na sua própria residência. Ficar em um local estranho, sem o devido tempo para a ambientação necessária, pode ser muito estressante para o peludo e fazer com que ele desenvolva comportamentos ligados ao estresse, como destruição de objetos, se lamber ou latir excessivamente.

Gatos normalmente preferem ficar em seus próprios lares. Neste caso, um cuidador para trocar sua comida e água, limpar a caixa de areia e fazer brincadeiras é o mais indicado.  Quando não for possível, já existem no país alguns hotéis especializados em felinos, mas a ambientação pode ser mais demorada do que para os cães. É preciso pesquisar e começar o processo com mais antecedência!

Creche

Pode ser um ambiente muito importante na vida de alguns peludos, principalmente para aqueles que os donos trabalham muitas horas por dia ou que têm mais energia do que os tutores dão conta de gastar, também é preciso seguir algumas regras básicas de higiene.

Após escolher aquele local que mais lhe agrada e que segue as regras necessárias é preciso acostumar o cão a ficar de forma tranquila lá.  Alguns animais são muito sociáveis e, na primeira apresentação ao local novo, já se sentem à vontade e começam a brincar.

Para aqueles mais tímidos podem ser necessárias algumas visitas com a presença do tutor para que eles comecem a relaxar.

Saber comandos básicos como o “Senta”, o “Fica” e “Não” pode ajudar muito no processo e deixar o cão mais tranquilo.

Para aqueles cães que não foram sociabilizados quando filhotes, o processo todo pode ser mais demorado e é preciso perguntar na creche se eles têm um local mais reservado, apenas com cães mais tranquilos, para dar início ao processo de forma calma e gradual.

Mas caso o cão não se sinta confortável é indicado o acompanhamento de um adestrador profissional para que o cão não se assuste ainda mais e aumente o medo de outros cães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *